Movimento Negro UnificadoDesde 1978 na luta contra o racismo

MNU > Notícias > Movimento Negro Unificado repudia intervenção militar no Rio de Janeiro 
17 de Fevereiro de 2018

Movimento Negro Unificado repudia intervenção militar no Rio de Janeiro 

O MNU repudia esta ação por ser mais uma das investidas contra o Povo Negro, pobre e favelado.

No calar da madrugada, as forças racistas e reacionárias que governam o país emitiram um decreto de intervenção militar no Estado do Rio de Janeiro assinado pela Presidência da República. Feito desastroso não visto desde a promulgação da Constituição Federal de 1988.

O MNU repudia esta ação por ser mais uma das investidas contra o Povo Negro, pobre e favelado.

A militarização dos nossos territórios é o projeto de controle social e político dos nossos corpos.

A continuidade do projeto racista de organização social subjuga a população negra por caracteriza-la como indivíduo suspeito e subversivo, ou seja, para o estado racista a população negra tem cara de criminoso.

A ocupação das forças armadas no território fluminense é mais uma etapa do golpe.

Ao invés de investimentos financeiros em educação, saúde, geração de emprego e renda, o governo federal investe no fortalecimento da indústria bélica.

Para cada 4 jovens assassinados no Brasil, 3 são negros. A Militarização do território não reduz a violência.

O Movimento Negro Unificado não vai ficar bestializado observando mais um golpe sobre nossos corpos. Estaremos no campo e nas cidades, nas fábricas e nas ruas, no asfalto e na favela lutando por nosso direito de viver com dignidade.

 

MOVIMENTO NEGRO UNIFICADO

Desde 1978 na luta contra o racismo.

Reaja à Violência Racial!

 

Brasil, 16.2.18.

Deixe um Comentário